Que brinquedo comprar para meu filho?

27.10.2017

 

 

Logo após o nascimento nos perguntamos que brinquedos comprar para nossos filhos ou que brincadeira é adequada para cada idade. Poder observar uma criança brincando e poder acompanhar suas descobertas é algo fantástico.

 

Um brinquedo é qualquer objeto que a criança possa usar no ato de brincar e, no início, a presença dos pais é fundamental. É interessante procurar por alguns brinquedos que divertem enquanto ajudam no desenvolvimento psicomotor de nossos filhos.

 

Crianças de ZERO A SEIS MESES estão iniciando suas trocas com o mundo. Os brinquedos mais comuns para essa idade são chocalhos, móbiles e mordedores. Estes brinquedos estimulam a coordenação motora, tato, a visão e a audição do bebê.

 

Após os SEIS MESES, quando eles já conseguem sentar e segurar um objeto em cada mão, podemos oferecer bichinhos de borracha para brincadeiras durante o banho. É uma boa hora de “irmos para o chão” com eles. Que tal sentar no chão e ler algo para eles?

 

Aos OITO MESES já podem participar ativamente de brincadeiras como esconde-esconde, caretas, bater palmas. Começam a ter mais habilidades em pegar objetos bem pequenos.

 

APÓS O PRIMEIRO ANO de vida, são divertidos os blocos que podem ser encaixados entre si e as argolas empilháveis. Quando as crianças começam caminhar, os brinquedos mais estimulantes são de empurrar e puxar, como carrinhos de boneca. Devemos preferir sempre brinquedos com peças grandes que não possam ser engolidas, leves para manusear, de cores vivas e não tóxicas. Livros com figuras e bolas já podem ser manipulados nesta idade. Vejam que não falamos de televisão e mídias eletrônicas até este momento. A Academia Americana de Pediatria não aconselha mídias eletrônicas e televisão antes dos dois anos de idade.

 

Aos DOIS ANOS é difícil manter as crianças paradas por muito tempo. As brincadeiras com bola, cantar, dançar, fazer imitações e caretas divertem e continuam a estimular o desenvolvimento das habilidades motoras. Outros brinquedos incluem quebra-cabeças pequenos e simples, blocos empilháveis, massa de modelar e livros ilustrados. Bonecas também passam a atrair a atenção, bem como bichinhos de plástico, cubos com encaixes, carrinhos e caminhões.  Aqui brincar com outras crianças de mesma idade já começa a ficar mais fácil.  A criança já deve participar da arrumação das suas coisas, como uma continuação da brincadeira.

 

Deve-se lembrar que ATÉ OS 3 ANOS a criança sofre grande risco de se engasgar com objetos pequenos, portanto é importante o cuidado com brinquedos que soltam peças.

 

Entre os TRÊS E SEIS ANOS de idade, a criança torna-se mais interessada em explorar o mundo à sua volta. Alguns brinquedos, como triciclos, são ótimos para desenvolver o senso de direção, de espaço e força. Jogos com bola, trabalhos manuais com tesoura sem ponta, massinha de modelar são atraentes nesta idade.

 

Com CINCO ANOS, são interessantes canetas, caderno de desenho e pular corda. Quadro negro com giz é uma alternativa ao caderno. Instrumentos musicais podem ser apresentados.

 

A partir do SEXTO ANO de vida, os brinquedos começam a fazer parte de brincadeiras mais elaboradas e/ou “faz-de-conta”. Ao brincar com bonecas, as crianças imitam o mundo dos adultos. À medida que a criança cresce, ela pode participar de jogos mais elaborados - como quebra cabeças complicados, jogos de tabuleiro (memória, damas, banco imobiliário) e kits de mágica. Quando se inicia a alfabetização, jogos com figuras e letras são estimulantes. Nesta idade a criança já consegue manipular jogos simples de computador.

Quando começam a andar de bicicleta, principalmente sem as rodinhas de apoio, equipamentos de proteção como o capacete e a joelheira são indispensáveis. É importante saber que não existem brinquedos exclusivos para meninos ou meninas. Assim como as meninas podem brincar com carrinhos, os meninos podem brincar com bonecas ou bonecos.

 

Em tempos de crise na segurança, onde nossos filhos ficam mais tempo dentro de casa, sempre que possível, a família deve proporcionar o convívio com o meio ambiente e a natureza. É importante lembrar que brincar é uma forma de aprender, sobre regras, respeito, compartilhamento. Brincar com seus filhos é um dos grandes presentes da vida. Para eles e também para nós. Aproveitem e divirtam-se.

 

Adaptado de SPRS.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Dicas para escolher o pediatra ideal

September 22, 2017

1/3
Please reload

Procure por Tags
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round

Conversando com os pais

Av. Protasio Alves, 2715 SL 1101

Porto Alegre / RS

Tel: (51) 3334-0296

zepaulo1963@gmail.com