Dicas de alimentação para seu filho (recém-nascido a 1 ano)

07.05.2018

 

De zero a seis meses

 

 Tentar amamentar o bebê exclusivamente no peito.

 

Algumas razões para isso:

 

*  O leite do peito contém todos os nutrientes (água, proteínas, carboidratos, calorias e sais minerais) necessários para o crescimento e desenvolvimento do bebê até os seis meses.

 

*    O aleitamento materno funciona como vacina, protegendo a criança de várias doenças.

 

*    Com  a amamentação, o bebê estabelece um padrão de respiração nasal e aprende a posicionar a língua, que trabalha intensamente e adquire tonicidade.  Os movimentos realizados durante a amamentação desenvolvem uma maior preparação para a mastigação de alimentos duros no futuro.

 

*   A sucção do peito desenvolve e equilibra  a mandíbula e o  maxilar, preparando o bebê para a mastigação e para a fala.

 

*  O leite materno é completamente  protegido contra contaminação porque não sofre manipulação de terceiros da fonte até o consumidor.

 

*  Quem  estiver amamentando exclusivamente ao seio, que é o ideal, até os 6 meses de idade  não precisa de mais NADA

 

*   Não oferecer leite de vaca antes de 1 ano de idade. Na falta de leite materno oferecer formula infantil adequada para a idade do bebê 

 

 

 

A partir do sexto mês

 

*  Introduzir outros alimentos na dieta do bebê,  sempre sem açúcar, seguindo a seguinte ordem: Frutas, vegetais, arroz, feijão (sem fritura e com pouco sal) e papinhas ( de aveia ou de frutas ). Hoje em dia ntem se evitado o uso de sucos de frutas antes de 1 ano de idade

 

*   Oferecer os alimentos gradualmente, para adaptar a criança ao novo paladar e desenvolver o processo de ingestão.

 

*   Em vez de passar os alimentos pelo liquidificador, amasse-os com um garfo

 

*   No inicio pouco sal e pouca gordura

 

*   A medida que vai aceitando bem os alimentos podemos oferece-los menos esmagados até se aproximarem da comida de casa

 

*  A forma física  da comida deve ser pastosa e consistente para estimular o aparelho digestivo.

 

*  Não dar alimentos com açúcar.

 

* Evitar o uso de alimentos industrializados como bolachas e salgadinhos.

 

* Jamais substituir a água por  suco ou  refrigerantes.

 

* Estabelecer horários regulares para a alimentação, cuidando para que o bebê tenha, no máximo, cinco refeições diárias (café, lanche, almoço, lanche e jantar).

 

* Se não puder evitar a ingestão de alimentos ricos em açúcar, cuidar para que a criança coma-os apenas durante os horários pré-estabelecidos.

 

* Alimentação faz parte da vida de todos nós, todos sobreviveremos apesar das possíveis dificuldades iniciais, não se estresse tanto e aproveite este momento para curtir seu filho. As vezes a perfeição é o primeiro passo para a frustração.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Dicas para escolher o pediatra ideal

September 22, 2017

1/3
Please reload

Procure por Tags
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round

Conversando com os pais

Av. Protasio Alves, 2715 SL 1101

Porto Alegre / RS

Tel: (51) 3334-0296

zepaulo1963@gmail.com