Acidentes acontecem... mas podemos evitar a maioria deles!!

18.10.2017

 

 

 

Quando temos crianças é importante que planejemos o espaço da casa para segurança delas, afinal, a prevenção é o melhor remédio e depende da gente. Crianças crescem rápido e adquirem habilidades novas a cada dia então, aqui vão algumas reflexões importantes para fazermos sobre o ambiente em que vivemos.

 

A casa

* Todas as peças da casa devem estar livres de brinquedos, balões, sacos plásticos e outros objetos com partes pequenas (menores de 2 cm de diâmetro), que podem constituir risco de sufocação.

* Andador? NEM PENSAR!!

* Todos os produtos tóxicos (medicamentos, produtos de limpeza, tintas, detergentes) devem estar guardados nos recipientes originais, em armários preferentemente altos e trancados. Isso vale para todas as peças da casa.

* Mantenha os números dos telefones do SAMU (192) e do CIT- Centro de informação toxicológica - a mão (0800-721-3000).

* Se o bebê tem um cercado é importante que a malha seja bem apertada, com buracos menores de 2 cm.

* Janelas devem dispor de redes ou grades de proteção.

* Cuidado para que as janelas basculantes - que abrem para fora – não deixem espaço suficiente para a passagem do corpo de uma criança.

* Verifique se os pisos apresentam áreas defeituosas, como tacos quebrados, soltos ou empenados, elas podem causar tropeços.

* Tenha cuidado com pisos escorregadios.

* Evite tapetes enrugados ou com bordas reviradas.

* Repare fios elétricos com revestimento descascado ou rachado.

* As tomadas elétricas devem dispor de alguma forma de proteção.

* Não se esqueça de esconder os fios dos aparelhos eletroeletrônicos, tornando-os de difícil acesso.

* Não use tomada com dois ou mais aparelhos conectados.

* Evite móveis (mesa, cadeira, sofá, banco) encostados embaixo de janelas.

* Todas as escadas precisam ser protegidas por portões nas duas extremidades

 *É importante que exista uma boa iluminação em áreas com escadas.

* As escadas que têm corrimão são escadas mais seguras.

 

A cozinha

Sabidamente, passamos bastante tempo na cozinha no nosso dia-dia, mas temos que ter especial atenção com crianças neste espaço. Como diria minha vó: “Cozinha não é lugar de criança!”

 O ideal é instalar aquelas portinhas que teoricamente só os adultos abrem para separar a cozinha da sala. Vamos lá!

* O fogão deve estar preso numa posição estável e em bom funcionamento.

* Cuidado com os fios de aparelhos elétricos.

* Os talheres, copos e pratos estão mais seguros quando guardados em armários altos e fechados.

* Cuidado com objetos cortantes (facas, tesouras, garfos).

* Evite toalhas grandes na mesa, pois podem ser puxadas pelas crianças.

* Lembre-se de desligar todos os utensílios elétricos da tomada quando não estiverem em uso.

 

O banheiro:

O banheiro é a segunda peça mais perigosa da casa para bebês. Esse é mais fácil de manter a porta fechada, pois é um ambiente de menor circulação.

* Recomenda-se que o chão do box tenha superfície de material antiderrapante.

* Todos os utensílios elétricos, como secador de cabelo devem ser desligados da tomada quando não estiverem em uso.

* As tomadas devem ser cobertas com um protetor adequado e firme.

* O bebê JAMAIS pode ser deixado sozinho brincando na banheira.

* Na hora do banho da criança, todos os materiais para o banho devem estar à mão, para que não seja necessário afastar-se da criança.

* Tenha cuidado para não deixar o piso do banheiro molhado, ele pode ficar escorregadio.

* Se há fósforos ou isqueiros no banheiro, eles devem ficam guardados em local inacessível às crianças.

* A chave da porta do banheiro deve removida para evitar que as crianças se tranquem dentro dele.

 

O quarto do bebê:

* Todos os materiais e utensílios necessários para as trocas do bebê devem estar à mão.

* Não se usa mais talco!!!

* Evite cortinas ou cadarços pendentes que podem ser alcançados pelo bebê.

*Protetores de berço, travesseiros, almofadas ou qualquer objeto que possa servir de apoio para pular a grade devem ser removidos, assim que o bebê comaçar a ficar de pé.

* Evite móbiles e outros brinquedos pendurados no berço.

* O colchão deve se encaixar perfeitamente no berço e não deixar espaços livres entre as paredes do berço.

* O colchão e estrado do berço devem ter altura apropriada para idade do bebê.

* Não esqueça os protetores em todas as tomadas elétricas do quarto, mesmo as escondidas.

* É essencial que grades ou redes estejam devidamente instaladas nas janelas do quarto.

* As caixas de brinquedos devem possuir algum tipo de tampa.

* Os equipamentos destinados a crianças pequenas não podem ter elementos desmontáveis ou peças pequena.

* As barras do berço devem ser suficientemente estreitas (menos de 6 cm) para que o

bebê nãoconsiga  passar a cabeça, o braço ou a perna entre elas.

* Se livre de brinquedos, quebrados ou não, com partes pontiagudas ou cortantes.

* O bebê deve ter lençóis, cobertores e edredons de tecidos leves que fiquem firmemente presos ao colchão.

 

A sala:

* Proteja móveis que possuam arestas pontiagudas.

* Tire plantas ornamentais do alcance do bebê

* Os aparelhos eletrônicos devem estar equilibrados sobre móveis sólidos, estáveis e

Resistentes. É importante que estejam fora do alcance das crianças.

* Todos os fios de utensílios elétricos devem estar presos.

* Não se esqueça de por protetores em todas as tomadas elétricas.

* Se há lareira na sala, recomenda-se que ela seja protegida por grade.

* Evite cortinas ou cadarços pendentes.

* As cadeiras devem ser estáveis, com os pés perfeitamente nivelados.

* Bebidas alcoólicas, copos e garrafas precisam ser guardados em armários altos e

Trancados.

* Retire isqueiros e fósforos do alcance das crianças

* A varanda da casa deve possuir proteção (grade, rede) em bom estado.

 

Sabemos que é uma lista extensa, mas com planejamento podemos construir um ambiente seguro para nossos filhos.

 

Material adaptado de:
1. American Academy of Pediatrics. Childproofing Checklist. Disponível: http://www.medem.com/medlb/medlib_entry.cfm.
2. Waksman RD, Blank D. Diagnóstico e orientação sobre segurança na consulta pediátrica. In: Silva LR, ed. Diagnóstico em Pediatria. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2009. p. 1098-1107. Disponível em: http://bit.ly/consulta_seguranca

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Dicas para escolher o pediatra ideal

September 22, 2017

1/3
Please reload

Procure por Tags
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round

Conversando com os pais

Av. Protasio Alves, 2715 SL 1101

Porto Alegre / RS

Tel: (51) 3334-0296

zepaulo1963@gmail.com