“Por que meu filho não come?”

08.03.2018

 

 

Essa é uma pergunta que muitas mães se fazem diariamente.

 

Desde as primeiras mamadas, surgem as primeiras angústias com relação a nutrição da criança: “será que ele realmente ma­mou o suficiente?”.

 

É importante que os pais compreendam que o apetite da criança pode diminuir após o primeiro ano de vida, por uma mudança normal no padrão de crescimento. Isso acontece porque o peso do bebê, normalmente, triplica no primeiro ano e aumenta apenas cerca de 10 a 20% nos anos subsequentes.

 

Assim, a partir dos 2 anos de idade, é esperada uma diminuição do apetite. Também vale lembrar que o controle do apetite depen­de, além da idade, da atividade física e psíquica, das necessidades nutricionais e do ambiente. Outro fator importante, na fase de formação do hábito alimentar, é que a aceitação de um novo alimento ocorre por repetição e condicionamento social.

 

Existem algumas estratégias para evitar que a “falta de apetite” atrapalhe a rotina familiar e comprometa a saúde de seu filho. Veja algumas delas:

 

1. Estimule a criança a participar da escolha do alimento.

2. Incentive a criança a preparar o seu prato.

3. Respeite o direito da criança a ter preferências e aversões.

4. Ofereça preparações com cores, sabores e texturas diferentes (uma alimen­tação colorida representa uma dieta nutricionalmente balanceada).

5. Prepare o mesmo alimento de diferentes maneiras (favorece a aceitação).

6. Não disfarce os alimentos (dificulta o aprendizado das diferentes texturas e sabores).

7. Estabeleça os horários e a duração das refeições (permite a regulação do mecanismo fisiológico de fome e saciedade).

8. Conserve um ambiente calmo para as refeições (para não distrair a criança).

9. Diminua o excesso de leites e sucos, pois os líquidos suprem a sensação de fome.

10. É normal a criança preferir doces, cabe aos pais impor limites.

11. Evite: guloseimas antes das refeições, substituição de refeições por lanches e excesso de alimentos lácteos.

12. Não force, ameace ou castigue a criança para comer.

13. Não ofereça recompensas e agrados, isso reforça a recusa alimentar.

14. Se o seu filho não ganha peso adequadamente, ou perde peso, procure o seu pediatra.

 

 Fonte : www.sprs.com.br

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Dicas para escolher o pediatra ideal

September 22, 2017

1/3
Please reload

Procure por Tags
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round

Conversando com os pais

Av. Protasio Alves, 2715 SL 1101

Porto Alegre / RS

Tel: (51) 3334-0296

zepaulo1963@gmail.com